Aqui você encontrará textos sobre psicanálise, literatura e meus escritos literários.

Precisa de revisão ortográfica? Venha para a Oficina do Texto: Clique aqui!

Leia aqui o texto que inspirou o nome do Blog!

sábado, 31 de outubro de 2015

Pietro e o rochedo de seu desejo

A primeira vez que vi Pietro foi em algum dia entre 2005 e 2006. Eu entrei no sebo procurando um livro legal para presentear uma amiga que estava de aniversário (Não me pareceu que ela gostou do presente na ocasião porque, afinal, era só um livro “velho” e só eu mesma pra gostar dessas coisas). Entrei no sebo e um rapaz meio baixinho veio me atender. Eu já havia ido lá outras vezes, mas sempre fui atendida por pessoas que só estavam ali por um emprego e jamais por amor aos livros. Vi no brilho dos olhos e na conversa que tivemos, que Pietro era um vendedor diferente, que a paixão por aquilo ali era o que o movia.

domingo, 4 de outubro de 2015

Relato de parto - Um milagre chamado desejo


Durante a minha gestação, li alguns relatos de parto. Não li muitos porque, sinceramente, me irritava ler depoimentos de mulheres que não ousam falar da dor de um parto natural, agindo como se este “fenômeno” não pudesse ser chamado de dor, mas de algo puramente fisiológico, uma coisa da natureza, de adaptação da mãe e do bebê. Eu queria ter tido parto natural, mas não porque fosse enfeitar o quarto com pétalas de rosas, óleos essenciais, música indiana e etc, para fazer de conta que ia doer menos. Era só porque eu achava que seria melhor. Mas eu sei que ia doer pra cacete e tava me cagando de medo. Confesso. Mas às vezes falar dos medos é algo quase que proibido.