Aqui você encontrará textos sobre psicanálise, literatura e meus escritos literários.

Precisa de revisão ortográfica? Venha para a Oficina do Texto: Clique aqui!

Leia aqui o texto que inspirou o nome do Blog!

terça-feira, 23 de junho de 2015

Vida de escritor: Fantasia X Realidade

Escritores, em geral, gostam de passarinhos. Os pequenos voadores nos inspiram, dão asas para a imaginação. Invejamos os pássaros, justamente porque têm asas, enquanto nós, “bípedes implumes” – como nos dizeres de Platão – só podemos voar quando embarcamos em um avião, ou quando – nossa maneira preferida – colocamos os pés em uma boa história. Os escritores, voamos quando lemos, quando escrevemos, quando sonhamos, ou quando admiramos o belo voo de um passarinho. Leia o “Poeminha do contra”, de Mário Quintana:

terça-feira, 9 de junho de 2015

Por que preciso que Vitória vença?

Hoje, pela terceira vez, fui visitar Vitória. Ela não sabe quem eu sou, nem porque vou lá visitá-la, mas há algo que me impele e me faz querer vê-la. Eu tenho milhares de amigos que publicam nas redes sociais fotos e vídeos de cachorros, tanto os abandonados, os perdidos, os maltratados, como os fofos, lindos e bem cuidados. Confesso que nem todos me tocam, alguns mais, outros menos, de modo que minha vida segue sem interferências, sem que eu queira abrir uma ONG para salvar animais e etc. Trabalho que acho louvável, mas que sei que eu não daria conta de fazer.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Um pedaço de mim já não é mais o mesmo

Tudo caminhava bem até o último sábado. Havíamos assistido uma apresentação de dança e, no caminho de volta, enquanto meu marido dirigia, eu passeava em uma rede social pela tela do meu telefone. Em um instante, me deparei com uma notícia que dizia: “Adolescentes torturam, arrancam couro a faca e quebram patas de cadelinha”. Não entrei imediatamente porque sabia que ficaria muito impressionada. Mas meu marido fez perguntas, queria saber se ela estava viva, e eu acabei entrando para ler.