Aqui você encontrará textos sobre psicanálise, literatura e meus escritos literários.

Precisa de revisão ortográfica? Venha para a Oficina do Texto: Clique aqui!

Leia aqui o texto que inspirou o nome do Blog!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Carta 10 - Sobre aniversários, desejos e o Sol.

Meu querido, feliz aniversário!!!


Hoje faz um ano que você nasceu. Como passou rápido...ainda mais aqui de longe, sem ver você crescer a cada dia. Toda vez que te vejo parece que tomou um pouquinho mais de fermento. Será que eu estaria sendo muito repetitiva se dissesse que estou com saudades? Eu já te disse o que é saudade? Acho que sim. Aliás, nesse ano já te falei sobre tantas coisas né? Muitas vezes fiquei achando que fui dura demais com você. Às vezes fiquei pensando que deveria ter inventado histórias de contos de fadas para te poupar, prolongando mais tempo possível o seu encontro com o real. Por isso tentei te dizer como que em conta-gotas, de um jeito que não doesse tanto e que não fosse tão amargo.

domingo, 8 de dezembro de 2013

A devolução humana

O homem é um dos seres vivos que habitam a Terra. A Terra é o terceiro planeta do sistema solar, pertencente à Via Láctea, Galáxia que habitamos. Uma Galáxia está localizada no Universo, ou seja, no Universo existem várias Galáxias. Há muitas controvérsias sobre a origem do Universo. Uma das teorias, a mais famosa, é a do Big Bang, na qual tudo teria começado a partir de uma grande explosão. Tudo teria começado depois desta explosão, até mesmo os seres vivos que habitam qualquer parte do Universo. Em nossa Galáxia, estamos situados no planeta Terra. Nós quem? Ora, nós humanos. Se a Terra não é a mesma que já foi um dia, na origem de tudo, os humanos, que não se sabe desde quando estão por aí, também não são mais os mesmos. A isso chamamos de processo de “Evolução”. Em muitos casos, acredita-se que evoluir é caminhar para algo melhor, sempre. Este sentido está arraigado nesta palavra: “Como fulano é um sujeito evoluído”, “Aquele Beltrano não evolui”. Mas não necessariamente este sentido seja o melhor ou o mais adequado para falar sobre a evolução humana. Muitos são os pesquisadores que se dedicam a estudar este processo evolutivo, muitos são os que não chegam a conclusão nenhuma. Mas, a bem da verdade, não chegar a lugar nenhum não é algo ruim. Com a passagem do tempo, as coisas mudaram, o que não quer dizer que tenham melhorado ou piorado. Tudo é uma questão de ponto de vista. Assim, imaginem que em algum ponto da linha do tempo tenha surgido o homem. O Homem. Deste ponto até aqui, várias mudanças físicas, psicológicas e comportamentais ocorreram, de modo que enfim chegamos ao que eu chamo de “devolução humana”.
1.      Homo primitivus – foi o primeiro de todos os homens que viveu na face da Terra.  Andava sobre as quatro patas. Sua alimentação era baseada na ingestão de raízes e frutos.


2.      Homo erectus – evoluiu diretamente do Homo primitivus e passou a andar sobre duas pernas e não mais sobre quatro. Herdou do homo primitivus uma terrível dor na coluna, da qual se queixou todos os dias de sua vida. Para solucionar o problema, passava muito tempo deitado, pensando na vida. De tanto pensar, evoluiu para o homo neandethalis.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Carta 7 - Sobre a infância, a adolescência e a criminalidade líquida

Meu pequeno sobrinho,
Como estão as coisas por aí? A quantas anda o caldeirão de sensações do seu corpo? Não se preocupe, em breve a agitação passará, assim que você puder começar a falar. Mas até quando a gente é grandão por vezes, não raro, somos tomados de surpresa por esse caldeirão que exige de nós um trabalho imenso de elaboração. Na verdade essa separação entre vida adulta e infância, adolescência e etc. são divisões feitas por pessoas que resolveram medir alguma coisa que eu nem sei te dizer ao certo o quê. A essas alturas já deve ter entendido que muitas coisas são criadas pelos humanos, já estamos falando disso há tempos não é? Amor, saudade, solidão, amizade, intolerância. Pois é meu querido, infância, adolescência, vida adulta e senilidade são mais uma série de invencionices nossas. Está confuso? Eu vou tentar te explicar.