Aqui você encontrará textos sobre psicanálise, literatura e meus escritos literários.

Precisa de revisão ortográfica? Venha para a Oficina do Texto: Clique aqui!

Leia aqui o texto que inspirou o nome do Blog!

segunda-feira, 25 de março de 2013

A vendedora de shampoo


 
Andava enfezada com a aparência do meu cabelo, sem vida, sem brilho, lambido demais. Isso deve acontecer depois que você passa anos usando o mesmo shampoo, pensei. Lembrei-me de quando comecei a usá-lo, da inveja que causava nas outras mulheres, do balanço quase novelesco dos fios, tão fortes. Mas com o tempo, tudo mudou. Me senti traída. Pensei que o fabricante se desinteressara de mim. Depois de muito falar disso no divã, decidi que iria deixá-lo, trocar de marca quem sabe. Buscar novos horizontes. Quando entrei na loja de cosméticos, uma moça muito bonita e maquiada veio me atender.

- Em que posso ajudá-la? Perguntou sorridente.


- Bem, sabe o que é? É que há muitos anos eu usava a mesma marca de shampoo e de uns tempos pra cá acho que meu cabelo está muito sem vida. Decidi trocar.

- Quer alguma marca específica?

- Na verdade não. Eu estou meio por fora das novidades.

- Qual o seu tipo de cabelo?

- Como assim? Tipo liso ou cacheado?

- Não. Ele é oleoso, misto, seco, normal, quimicamente tratado, essas coisas.

- Ah, entendi. Bom, agora ele tem ficado bastante oleoso e um pouco ressecado nas pontas, mas...

- Sim, então é misto. Olha, eu tenho aqui um shampoo excelente para hidratar o cabelo, eu uso desse e é ótimo.

- Sim, na verdade eu queria um shampoo mais simples, assim, que lavasse o cabelo só.

- Olhando assim, dá pra ver que você tem queda de cabelo. Eu tenho esse outro aqui que tem crina de cavalo no meio e é bom pra fortalecer e evitar a queda.

- Entendo, entendo. E você não tem um que seja neutro?

- Seu cabelo tem química? Porque se tiver química, tem que usar um shampoo sem sal e com um pouco de açúcar. Tenho esse que é pós-escova de chocolate, é uma delícia. Uso dele.

- Não, ainda resisto ao uso de química sabe? Vou esperar os brancos começarem a aparecer pra tingir.

- Mas essa oleosidade aí parece efeito de progressiva. Eu tenho esse que é liss extreme, controla o volume e deixa seu cabelo liso o dia todo.

- Na verdade eu não sou progressista, nem tenho partido político. Acho que anda oleoso porque cansou do mesmo shampoo de sempre. Assim, você teria algum para cabelos mesmo, sem nada de química?

- Tenho! Um M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, com pelo de kiwi na fórmula. Esse você devia experimentar, é o que eu uso. Tenho um aqui também que é pra clarear as pontas, ele vai clareando, clareando, clareando...tem oxigen 2 na fórmula.

- Não, eu acho que não devo ficar muito bem loira.

- Eu tenho um pós-sol aqui, que evita o desgaste dos fios, tem protetor solar. Devia experimentar, é óóótimo.

- Pra quando vai pra praia né? Não, eu queria um assim, sabe, só pra poder lavar o cabelo todos os dias...normal mesmo.

- Você precisa de um shampoo de limpeza profunda. Tenho um aqui de lichia com perna de aranha. Você só pode usar a cada 15 dias, porque resseca muito o cabelo, mas tira toda a oleosidade. O que acha?

            Eu já estava ficando impaciente e percebi que a moça também. Por fim ela me disse:

- Olha, fique à vontade que eu vou ali e já volto. Qualquer coisa é só me chamar.

- Ok.

            Fiquei às voltas com as cinco prateleiras de shampoo e não conseguia me decidir entre nenhum que chegasse perto daquilo que eu queria. Na verdade eu já nem sabia mais o que eu queria. Senti que a qualquer momento entraria em crise existencial. Quando cheguei ao final da última prateleira avistei um shampoo com uma embalagem simples, era até parecido com o meu de sempre, de mais de anos. Peguei um e li no rótulo: “Para todos os tipos de cabelo – Nova Fórmula com asa de borboleta – tenha 10X mais leveza”. Achei meio estranho, mas resolvi experimentar, afinal penso que ando precisando rever meus conceitos sobre cosmetologia.

Isloany Machado, 25 de fevereiro de 2013.    

5 comentários:

  1. islo asa de borboleta sempre resolve esta questão de pesadez do cabelo, porque são ultraleves de sonho!

    ResponderExcluir
  2. muito bom vc e uma otima escritora

    ResponderExcluir
  3. Nossa que bom,rs consegui ler esse texto que desde ontem a noite estava interessado,por fim me agradou rs Parabens Isloany abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário Sérgio! Há quem diga que esse é um texto enorme que não diz nada...rsrs

      Excluir